BrVox em Picos: 56% não aprovam a gestão do prefeito Padre Walmir(PT)

0
141

Apesar da popularidade do governador Wellington Dias (PT) na cidade de Picos, o prefeito Padre Walmir (PT) não consegue capitalizar a aliança – que deu certo nas eleições – para agora conseguir popularidade entre os eleitores picoenses. A pesquisa BrVox encomendada pelo 180graus, mostra que a administração do petista é desaprovada por 56%.

Mesmo tendo vencido a eleição com 48% dos votos, o levantamento aponta que somente 33,54% aprovam hoje seu governo. Outros 10,46% ficaram indecisos.

Na avaliação, 28,62% consideraram a gestão do Padre como ruim. 22,15% apontam como péssima, e 24,62% avaliam como regular. É boa para 19,08%, e ótima na opinião de apenas 3,69%. 1,85% disse não saber ou não quis opinar.

Em comparação com a gestão do ex-prefeito Kleber Eulálio, de quem Padre Walmir era vice, 61,23% disseram que a administração petista está pior ou igual que a antecessora. É melhor na opinião de 36,62%. Indecisos somaram 2,15%.

gestaopadre.png

A pesquisa indagou ainda aos eleitores, se consideravam o prefeito um político “humilde”. 44,62% responderam que não. 42.46% disseram que sim. Os indecisos foram 12,92%. Foram questionados ainda se o gestor é “trabalhador”. 36,31% disse que não. Mas para 32,31%, Padre Walmir sua bem a camisa. 25,54% acham que mais ou menos. 5,85% não opinaram.

Pesa ainda contra o prefeito a opinião dos eleitores entrevistados sobre a ação que pede a cassação do seu mandato. 36,92% concordam caso a Justiça Eleitoral decida cassar Padre Walmir. Mas 34,77% defendem que não. Responderam não sabe ou não opina, 28,31%.

padregil.png

E não é o petista quem os eleitores enxergam como o maior líder político da região de Picos. Para 47,08% dos entrevistados, ex-prefeito Gil Paraibano tem mais relevância no cenário regional. Seguem Padre Walmir, com 18,77%, o ex-prefeito Zé Neri com 11,69%, o hoje conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Kleber Eulálio, com 3,69%, o empresário Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho, com 1,23%. O ex-deputado estadual Warton Santos somou 0,92%, e Mundinho Bezerra, do Grupo R.Sá, 0,62%.

Indecisos foram 16%.

CÂMARA DE VEREADORES

Os entrevistados pelo BrVox puderam avaliar o trabalho dos vereadores que compõem a Câmara Municipal. O melhor, na opinião de 9,85%, é o vereador Afonsinho (PP). Em segundo aparece a vereadora Dalva Mocó (PTB), com 6,77%. É seguida de Simão Carvalho (PSD), com 6,46%, Hugo Vitor (PMDB), somando 5,23%, e de Toinho de Chicá (PP), também com 5,23%. Veja abaixo a relação completa.

hugovitor.png

Já o trabalho do presidente da Casa, o vereador Hugo Vitor, foi avaliado como regular por 23,38%. Bom para 17,85%, ruim na opinião de 13,54%, péssimo para 12%, e considerado ótimo por apenas 2,77%. 30,46% não responderam ou não souberam opinar.

vere.png

EQUIPE DE PADRE WALMIR

Na avaliação dos secretários municipais, a considerada melhor após os 100 dias de gestão, foi a gestora da Educação, Maria Rosilene Monteiro Luz, somando 11,38%. O segundo melhor, com 6,46%, é o secretário de Governo Wellington Gonçalves Dantas, seguido da secretária de Saúde Maria do Socorro de Sousa, 4,62%, e Esportes e Lazer, Adonai Venâncio de Sousa Castro, com 3,8%. Veja abaixo todos os números.

roselene.png

sec.png

Os eleitores entrevistados puderam ainda avaliar as áreas da Saúde, Limpeza Pública e Calçamento e Asfalto, dando notas um, três, cinco, sete e nove. O pior desempenho foi na área da saúde, onde 44,62% deram nota “um”.

notas.png

FONTE: 180 Graus

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Protected by WP Anti Spam