Hospital São Marcos deixa de atender intercorrências clínicas oncológicas através do SUS

0
559

O Hospital São Marcos decidiu que não vai mais atender intercorrências clinicas oncológicas através do Sistema Único de Saúde (SUS). Em razão da decisão da unidade hospitalar, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) passa a assumir este tipo de atendimento. Intercorrências clínicas oncológicas são todas as reações provenientes dos tratamentos de câncer como febres, pneumonias, dores abdominais, entre outras.

Pacientes do SUS que apresentarem intercorrências oncológicas serão assistidos por um clínico geral em hospitais de Teresina. No entanto, somente os que necessitarem de cirurgia serão encaminhados para o São Marcos, que é referência para alta complexidade oncológica, explica a gerência do SUS em Teresina.

“Intercorrências oncológicas ocorrem na maioria das vezes por conta das quimioterapias e radioterapias que provocam a queda da imunidade”, diz explica Vitoria Urbano, gestora do SUS no Piauí.

FONTE: Piauí Hoje

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Protected by WP Anti Spam