Impostos | Quatro deputados voltarão à Alepi para votarem proposta do governo

0
18

Após a decisão da bancada do PP – agora Progressistas – em votar contra a proposta de aumento de impostos, o Karnak decidiu reagir e exonerou quatro dos deputados que estão licenciados, à frente de secretarias e coordenadoria, para voltarem à Alepi e votarem pela aprovação do projeto, na sessão desta quarta-feira (01/11).

Com a manobra, reassumem os mandatos os deputados Santana (PMDB), Pablo Santos (PMDB), Gessivaldo Isaias (PRB) e Flávio Nogueira Jr (PDT), que estão à frente da Sasc, Fundação Hospitalar, Setre e Turismo, respectivamente.

Apesar de perder os votos favoráveis de Ismar Marques (PSB) e Mauro Tapety (PMDB), o governo consegue tirar da jogada os suplentes progressistas BSá Filho e Belê Medeiros.

Na bancada ficará apenas Júlio Arcoverde (PP).

Apesar da necessária exoneração, já publicadas nos Diário Oficial do Estado desta terça-feira (31), os deputados assumem novamente os cargos no governo após a votação.

Comissão

Antes de entrar na pauta do plenário, a proposta passará ainda pela Comissão de Finanças da Alepi, com sessão marcada para ter início às 9h. Lá, são membros, o deputado Severo Eulálio (PMDB), presidente da Comissão e que na sua ausência será substituído por João Mádison, o deputado Luciano Nunes (PSDB), vice-presidente da Comissão, e ainda os deputados Cícero Magalhães (PT), Fernando Monteiro (PRTB), Júlio Arcoverde (PP), Rubem Martins (PSB) e Dr Pessoa (PSD)

FONTE: 180 Graus

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA