11° Parada Cultural da Igualdade de Picos acontecerá 19 de novembro

0
11

A décima primeira edição da Parada Cultural da Igualdade de Picos acontecerá no dia 19 de novembro. O evento contará com a participação de caravanas vindas de outros estados do Nordeste.

A coordenadora municipal de Direitos Humanos e Livre Orientação Sexual, Jovanna Cardoso, falou um pouco da programação do evento, que contará com novidades como oficinas de capacitação de lideranças e ativistas LGBTS.

“Apesar das dificuldades a programação esta praticamente pronta, onde teremos a abertura, com mesas de discussões e abordaremos temas importantes e atuais como a violência contra a mulher, feminicídio, identidade trans, genocídio da população trans e as novas tecnologias de prevenção de DST´s”, ressaltou Jovanna.

O seminários serão realizados no auditório do Centro Administrativo no dia 17 de novembro a partir das 14h00.

Ainda segundo Jovanna Cardoso, o tema “O que tem cura é seu preconceito” foi escolhido com objetivo de combate a questão da cura da homossexualidade, por causa da determinação do juiz do DF, que permitia realizar tratamentos terapêuticos de reverter a sexualidade de seus pacientes.

O percurso segue o mesmo dos anos anteriores com concentração no segundo balão do Bairro Bomba, em seguida o evento segue em direção a praça Felix Pacheco, onde acontecerão shows com bandas locais e com a cantora Taty Girl.

Confira programação da 11ª Jornada Nordestina de Cidadania Plena LGBT e Prevenção das IST/Aids e Hepatites

17 de novembro

12:00 Horas – Recepção de Participantes e Convidados

Credenciamento

14:00 Horas – Mesa de Abertura

14:30 Horas – Momento Cultural

15:00 Horas – Mesa

PALESTRA MAGNA:

Aids e Hormonoterapia – Dr. Lícia Anchieta Borges e Silva

16:00 Horas – Mesa

Tema 1: Política Nacional de Saúde Integral da População LGBT

Tema 2: Juventude e a Banalização da Aids, Avanços e Desafios

Tema 3: Direitos e Conquistas da Juventude Brasileira

Tema 1: Keila Simpson – ANTRA

Tema 2: Karina Amorim – Coordenação Estadual de IST e Aids/PI

Tema 3: Alice Luiza Alencar – CONJUV Picos

17:30 Horas – Momento Cultural – IV Mostra Piauhy Indígena

18 de novembro

08:00 Horas – Mesa

Tema 1: Sedução, prazer e táticas de uso da camisinha e outros insumos de

prevenção

Tema 2: Cultura, Diversidade e Inclusão

Tema 1: Associação das Prostitutas de Picos – APROSEPI

Tema 2: Secretaria Municipal de Cultura de Picos

09:30 Horas – Mesa

Tema 1: Lei Maria da Penha, as pessoas trans podem se valer dela;

Tema 2: Identidades Trans.

Tema 1: Nega Mazé – Coordenadoria Municipal da Mulher

Tema 2: Maria Laura dos Reis – APTTRA

11:00 Horas – Mesa

Tema 1: Educação, Gênero e Raça

Tema 2: LGBTQIA, o que é isso?

Tema 1: Ayune Bezerra – ANOTRANS

Tema 2: Keila Simpson – ANTRA

12:30 Horas – Momento Cultural

14:30 – Mesa

Tema 1: Saúde da População de Travestis e Transexuais e Tecnologias de Prevençãodas IST/Aids

Tema 1: Jovanna Baby – GGLOS

Ayune Bezerra – FONATRANS/PB

16h às 18h – TransGaymada Educando para um futuro sem Aids e sem

LGBTfobia.

19 de novembro

08:00 Horas – Mesa

Tema 1: Travestilidade e Transexualidade: Como conviver com a soropositividade?

Tema 2: Narrativas da Importância das Travestis para as Conquistas do Universo

LGBT

Tema 1: Jacqueline Brazil – CES/RN

Tema 2: Chopelly Glaudystton – FONATRANS

09:30 – Mesa

Tema 1: LGBTfobia e Racismo, como a mídia tem abordado essa temática?

Tema 2: Perspectiva 90,90,90 Aids no mundo. Como Podemos Alcançar?

Tema 3: Racismo e Intolerância Religiosa.

Tema 1: Wesley Zá – ANLGBT

Tema 2: Thâmara Vila Nova – Coordenação Estadual de IST/Aids

Coordenação Municipal de IST/Aids de Picos

Tema 3: Mano Chagas – Grupo ADIMÓ

FONTE: Picos 40 Graus

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA