Casamento hétero cai 13% e união homoafetiva cresce 37% no Piauí

0
0

Em 2016, o número de casamentos registrados no Piauí caiu quando comparado ao ano de 2015; no ano passado, foram registrados 10.721 casamentos, sendo 4.277 destes em Teresina. O número representa uma queda de 13,2% em relação a 2015, ano em que o estado teve 12.377 casamentos. É o que aponta as estatísticas do Registro Civil 2016, divulgadas nesta terça-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Estado faz parte dos 20 que tiveram o número de casamentos reduzidos no ano passado. Atrás do Piauí estão Alagoas, com uma queda de 12,5% e a Paraíba, com 11,3%. Já o Amapá se destaca pelo aumento de 20% no número de casamentos registrados. No território brasileiro, as quedas representam 3,7%.

Resultado de imagem para casamento fotos públicas
Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas

Já em relação ao casamento de pessoas do mesmo sexo, a realidade é outra. O Estado registrou a união de 22 cônjuges do mesmo sexo, sendo 15 entre mulheres e sete uniões entre homens. O aumento é de 37,5% em relação a 2015, que registrou 16 casamentos homoafetivos.

Em todo Brasil, o número de registros de casamentos civis é 1.095.535, com 245.631 deste total sendo da região Nordeste. No Piauí, o mês em que as pessoas mais se casaram foi em dezembro, com 1590 uniões neste período.

Em 2016, foram 344.526 divórcios concedidos em 1ª instância ou por escrituras extrajudiciais, com um aumento de 4,7% em relação a 2015, em todo Brasil. Os números locais informam que foram 2.320 divórcios concedidos em 1ª instancia no Piauí no ano de 2016 e, deste número, 425 foram em Teresina. No ano de 2015, o Piauí teve 2.271 divórcios, o que representa um aumento também no Piauí. A taxa geral dos divórcios no Nordeste é de 1,86.

Nascimentos e óbitos

No país, o número de registros de nascimentos caiu pela primeira vez desde 2010; em 2016, foram 2,79 milhões registros de nascidos, enquanto em 2015, 2,95 milhões foram registrados, o que indica uma queda de 5,1%. No Piauí, foram 48.321 nascidos vivos, de acordo com o local do registro, segundo o IBGE; destes, 14.930 foram em Teresina. Em 2015, o número de nascidos vivos no Piauí foi 49.707.

Quando se fala em óbitos, o Piauí registra o número 17.688 ocorridos pelo lugar do registro; de acordo com o lugar de residência do falecido, foram 18.222 óbitos, sendo 386 destes menores de 1 ano de idade. Os óbitos fetais, levantamento este feito de acordo com o local de residência da mãe, registraram 278 casos.

FONTE: Portal O Dia

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA